Arquivo de agosto, 2009

O Lobo da Estepe e Os Stalkers

Publicado: agosto 2, 2009 em Variedades


Herman Hesse com certeza conhecia certas particularidades da alma humana,informações onde poucos chegaram,ele pois,adentrou neste limbo sórdido da consciência humana,e o que lá encontrou nos mostrou através de sua arte.Nos movimentos suaves de suas mãos,que conduzia uma fina caneta de pena,escreveu um livro,que se tornou célebre,não só pela forma extraordinária com a qual foi escrita,mais também por nos guiar ao nosso próprio intimo,traduzindo em palavras alguns mistérios de nossas almas.

Tal é o fascínio que poucos,após o lerem,não se identificam como autênticos Lobo da Estepe,um ser ,assim como nós,polarizados,divididos entre almas,meio lobo,meio humano,ou entre outras milhares de almas que aos poucos com o sabor da vida,nos é mostrada,como um teatro mágico,onde só os loucos ousam adentrar.Agora projetos certos “Stalkers”,eles não são igual ao Harry Haller,que não passa de um mero sofredor,mas sim igual a Hermínia,ou ao saxofonista Pablo,são pessoas que sabem o caminho para a realizações de segredos,de descobrimento,não são os coadjuvantes da ópera da vida,mas sim seus espectadores.

Tal qual como o “Stalker” de Andrei Tarkovsky,o filme trata de um rapaz que sabe guiar os outro através de um zona,onde supostamente afirmam ter caído um objeto a qual levava seres alienígenas,nesta “zona”existe uma sala onde todos os desejos podem ser realizados.Os Stalkers são os únicos que podem guiar outras pessoas à esta sala.No filme um stalker leva um professor e um escritor à sala,ambos partilham de um alma sofredora,discutem filosofia e tentam se aventurar nos lugares mais obscuros da consciência,os caminhos portanto,só podem ser atravessados por aqueles cuja alma seja seu fardo.Talvez o professor seja Harry Haller,e seu Stalker Hermínia,a relação entre um Stalker e um Lobo da Estepe pode parecer incoerente,mas amigos,trata-se de dois pólos,um o lobo da estepe,a qual pensa erguer uma alma “rara” daquelas que poucos possuem,mas muitos dizem ter,e o outro,seu redentor,sua estrela ao qual só eles podem ver o brilho e segui-las,para alcançar a bem aventurada sala,ou algum teatro mágico,só para loucos.

Não pense você,caro leitor,que o mundo não passa de meras representações humanas,que nossas almas são únicas,e sem sentido,este mundo,meu caro amigo,esta cheio de Stalkers e lobos caminhando em suas estepes,prestes a se encontrarem,e passam despercebidos,certos que nunca serão compreendidos…….mas basta lhes dizer que foram traduzidos pela arte,por um filme,por um livro,por uma música,seja por Mozart,por poetas como Goethe,escritores como Herman Hesse,cineastas como Andrei Tarkovsky,ou sei lá,por loucos como Tom Yorke…..

Anúncios